Daqui Dali

Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

24 jul 14 10:52
Eliana

Sejam bem-vindos!

Tudo o que interessa ou ainda vai interessar.
Novidades, notícias, gostos, grandes assuntos, pequenos detalhes.
Um pouco do mundo, um mundo de coisas. Da vida, da sua e da minha. DAQUI E DALI.

bjobjo,

Eliana

13 jul 14 09:00 Um desfile de flores e roupas

Todas as flores são capazes de encher os lugares de beleza e vida. A Dior pensou nisso na hora de decorar o espaço em que realizaria seu desfile, no jardim do Museu Rodin.

A sala redonda foi toda pintada de branco e ganhou toque de orquídeas. Olha que lindo:

A decoração ficou muito chique. E a coleção também veio maravilhosa. Um luxo!

Gostaram?

Beijo,

Li

12 jul 14 09:00 A felicidade é uma coisa simples

Todo mundo diz que mãe é mãe só muda o endereço, pois eu acabo de me dar conta que criança também é assim. Olhem essas fotos das crianças brincando por todo o mundo.

Na Rússia (muito fofo o chapeuzinho, né?)…

Na Indonésia…

(foto)

Em Burkina Faso

Myanmar

E que fotos, né? Cada uma mais linda que a outra.

Muita gente passa uma vida toda buscando ser feliz, mas a felicidade está nas pequenas coisas. Acho que o segredo das crianças é este, brincar com o coração. Se aproveitarmos cada momento, sem preocupações infundadas, podemos sentir a alegria que existe dentro de cada um de nós.

Beijo,

Li

11 jul 14 09:00 Um passeio glacial

Quem acompanha o blog viu que por estes dias postamos fotos de um artista (http://www.blogdaeliana.com.br/2014/07/02/a-beleza-do-frio/)  apaixonado pelo frio e pelo gelo.

Agora eu encontrei esse vídeo que foi feito na Islândia, que em inglês se chama Iceland, Terra do Gelo. Achei as paisagens lindíssimas e as imagens da aurora boreal são incríveis. Parece magia!

Mais um lugar na lista de lugares para conhecer!

Beijos,

Li

10 jul 14 09:27 Quantas imagens tem uma mesma história?

É bem legal ver o que as pessoas imaginam, e a arte expressa exatamente isso, o ponto de vista de cada um.

Olha como fica a história da Alice no País das Maravilhas do ponto de vista de artistas diferentes. A mesma história ilustrada de diversas formas, com traços e cores totalmente diferentes, mas que falam sobre a mesma coisa.

Sob a ótica de Yayoi Kusama olha como é a história…

E o pop-up book do Robert Sabuda. Não é apaixonante?

Até o célebre Salvador Dali em 1969 fez a sua ilustração…

É bem interessante ver como a mesma coisa pode ser diferente dependendo de quem vê. Já parou pra pensar como seria o seu desenho desta história?

Bjo, bjo,

Li

09 jul 14 09:00 Direto do fundo do mar

Quantas coisas maravilhosas podemos encontrar no fundo do mar? Uma infinidade de formas  e cores…

Estes pequenos são os nudibrânquios, eles vivem nos corais e em águas rasas. Existem 3000 espécies diferentes deles. Dá pra imaginar que esses lindos tenham parentesco com as lesmas? Pois é, eles são “primos”.

Estas cores maravilhosas servem pra eles se camuflarem nos corais, é a proteção natural destes bichinhos que parecem saídos de livros de histórias.

A natureza é tudo de bom, né?

Beijo,

Li

08 jul 14 09:00 Murais mais que demais

Olha que impressionante este desenhos enormes que a Fiona Tang faz.

Parecem estar em alto relevo, né? Pra dar esse efeito 3D, ela usa nada mais que carvão

São mesmo muito lindos. Adesivos para parede ficaram para trás com estes murais que ela cria. Se ela vendesse com certeza iria virar decoração na casa de muita gente!

Qual é o seu preferido? Eu gostei de todos!

Bjo, bjo,

Li

07 jul 14 09:00 A arte que atravessa pessoas

A arte é mesmo uma coisa incrível, né? Através de criatividade você pode transformar as coisas. Olha que impressionante essa obra do Aakash Nihalani

Nihalani sempre cria com fitas adesivas e desta vez resolveu usar pessoas junto com a sua arte pra fazer a série Landline.

Parece photoshop, né? Mas Segundo o artista, ele só usa fitas adesivas.

Parece mesmo que os modelos estão atravessados por barras neons, né?

Bem legal.

Bjo, Bjo,

Li

06 jul 14 09:00 Pedalando com segurança

Muitas pessoas usam a bicicleta como o seu principal meio de transporte. Ela não polui, diminui o problema do trânsito e ainda ajuda a manter a saúde em dia.

Pra quem é adepto desse estilo de vida é fundamental estar com equipamentos de segurança e de visibilidade, para que as bicicletas possam ser vistas pelos carros.

Pensando nisso, Adam Pettler e Kent Frankovich inventaram um sistema de lâmpadas LED que são colocadas diretamente na roda da bicicleta, e ligadas a uma bateria que pode durar por até 4 horas.

Com isso a bicicleta pode ser vista pelos carros a uma distância bem segura. As luzes vermelhas funcionam como luzes de freio, de acordo com a velocidade da bicicleta.

Achei a ideia muito boa! Vamos pedalar com segurança!

Beijo,

Li

05 jul 14 09:00 Duas boas ações em uma

Genial esta campanha! Ela estimula a reciclagem e ainda ajuda os animais de rua.

As pessoas colocam materiais recicláveis na máquina e ela libera ração para os cães abandonados. Um gesto simples, mas grandioso! Imagina quantos cãezinhos vão deixar de sentir fome.

A água que você jogaria fora também é usada para matar a sede dos bichinhos.  Tenho uma esperança muito grande quando vejo projetos deste tipo, que colabora com a limpeza do ambiente, ajuda a reduzir a extração dos recursos naturais e ainda dá de comer aos bichos que mais precisam.

Espero que esta campanha se espalhe bem rápido e chegue aqui para o Brasil também.

Bjo, bjo,

Li

04 jul 14 09:00 Vivendo dentro de uma bolha

Deve ser maravilhoso entrar no seu quarto, deitar na cama e ficar olhando as estrelas até dormir, não acha?

Esta bolha gigante pode proporcionar isto! Imagina só quando chover e der pra olhar as gotas da chuva caindo e escorrendo. Deve ser muito relaxante.

O designer Pierre Stephane Dumas criou a bolha com a intenção de fazer com que as pessoas aproveitassem a beleza da natureza quando fossem acampar. Acho que ele conseguiu o que queria.

Tem modelos diferentes, alguns não são totalmente transparentes e outros tem mais de um compartimento.

Deve ser bom pra ficar observando o céu acampando, não acha?

Beijo,

Li